Mulher com coque alto
13 de junio de 2023

Dor de cabelo: por que acontece?

Às vezes é mais comum do que você pensa sentir dor no cabelo. Diferentes condições do couro cabeludo ou maus hábitos de cuidado com o cabelo podem ser a fonte de desconforto capilar. Saber qual é a causa que a origina, bem como as possíveis consequências caso não seja tratada a tempo é fundamental, justamente, para evitar fatores agravantes como a queda de cabelo irreversível.

En Hospital Capilar, especialistas em transplante capilar Madrid, Murcia e Pontevedra, dizemos-lhe por que às vezes ocorre dor de cabelo e o que fazer se os sintomas persistirem.

Por que sentimos dor de cabelo?

O couro cabeludo tem múltiplas terminações nervosas, especialmente na raiz dos folículos pilosos. Quando ocorre algum tipo de agressão ou determinadas patologias no couro cabeludo, é comum sentir o que é comumente conhecido como dor de cabelo. É importante controlar a dor de cabelo pois, embora geralmente seja devido a fatores externos, como penteados apertados, pode ser um sintoma de algum doença do couro cabeludo.

Outro motivo pelo qual é fundamental saber como agir diante da dor capilar é evitar possíveis efeitos sobre o cabelo, como a queda aguda de cabelo ou o aparecimento de calvície.

Doenças que causam dor de cabelo

Como comentamos, embora seja comum que a dor no cabelo decorra de fatores como uso frequente de penteados excessivamente apertados, sensibilidade do couro cabeludo causada por contaminação ou o uso de produtos capilares agressivos, é aconselhável levar em consideração as possíveis doenças capilares mais comuns que podem causar dores nos cabelos. Aprender a detectá-los é fundamental para saber quando é necessário recorrer a um especialista para encontrar uma solução.

Alopecia por tração

Uma das razões mais frequentes que causam dor de cabelo é o que é conhecido como alopecia por tração. É um tipo de queda de cabelo causada por trações constantes no cabelo, como o uso repetido de penteados muito apertados, como laços ou rabos de cavalo, ou o uso indevido de acessórios, como extensões. Esse aperto constante acaba afetando os folículos pilosos, fazendo com que enfraqueçam. A consequência direta disso é a queda de cabelo e a consequente falta de densidade, principalmente nas têmporas.

Esta tipo de alopécia Normalmente é reversível e seus efeitos cessarão quando a causa da alopecia por tração for eliminada. Porém, nos casos mais avançados, o folículo piloso pode ser destruído, causando calvície. Nestes casos, o único remédio para recuperar os pelos nas áreas onde foram perdidos é com o enxerto de cabelo.

Dermatite seborreica no couro cabeludo

La dermatite seborréica É uma das doenças do couro cabeludo mais frequentes. Apresenta-se com vermelhidão, descamação e inflamação do couro cabeludo, o que tende a causar desconforto como sensação de dor nos cabelos.

Este tipo de condição do couro cabeludo deve-se ao facto de as glândulas sebáceas do couro cabeludo produzirem mais óleo, que se acumula e, consequentemente, surgem as crostas e caspas. Os sinais mais evidentes da dermatite seborreica no couro cabeludo são, portanto, o aparecimento de crostas, vermelhidão do couro cabeludo, inflamação e desconforto, como dor ou coceira.

Psoríase

La psoríase É uma doença autoimune que pode causar dor no cabelo. Isso é hereditário e causa placas avermelhadas com escamas prateadas. Também pode causar couro cabeludo seco e descamação. Muitas vezes é confundida com dermatite, por isso é importante consultar um médico especialista, já que os tratamentos são diferentes entre as duas doenças do couro cabeludo.

Líquen plano

El líquen plano afeta as células da pele causadas pelo próprio sistema imunológico do paciente. Os sintomas mais comuns são inflamação da área afetada, vermelhidão, queda de cabelo e desconforto, como dor de cabelo ou coceira. 

Tratamentos para parar a queda de cabelo

O que fazer se meu cabelo doer?

É importante saber o que causa dor no cabelo. Normalmente é devido a penteados excessivamente apertados que, ao desfazê-los, produzem uma sensação de alívio. Ao parar de optar por eles, o problema desaparecerá. No entanto, damos-lhe algumas dicas sobre como agir se o nosso couro cabeludo doer com frequência.

Mude a rotina do penteado

Caso sinta alívio ao desfazer certos penteados que puxam demais os fios, é fundamental mudar a rotina de cuidados com os cabelos. Não é recomendado abusar de penteados apertados, pois podem causar alopecia por tração. O ideal é combinar esse tipo de penteado com outros mais casuais ou com cabelos soltos. Se isso, além disso, adicionarmos um bom rotina de cuidados com o cabelo em casa, vamos notar como a qualidade do cabelo aumenta.

Vá a uma clínica de cabeleireiro

No caso de apresentar outros sintomas como o aparecimento de crostas, vermelhidão do couro cabeludo, inflamação ou queda de cabelo aguda, é essencial dirigir-se a uma clínica especializada em cabelos. Desta forma, a equipe médica determina a origem da dor capilar e recomenda o tratamento mais adequado para cada caso.

Cuide do seu cabelo em profundidade

Às vezes, uma rotina de cabelo em casa não é suficiente. Existem casos que requerem ou é aconselhável recorrer a tratamentos de cabelo como plasma rico em plaquetas ou mesoterapia capilar. Um diagnóstico médico prévio é a chave para saber qual é o tratamento mais eficaz para o nosso caso particular.

tratamento de mesoterapia capilar

En Hospital Capilar nós cuidamos do seu cabelo

En Hospital Capilar Temos tratamentos médicos capilares eficazes para interromper a queda de cabelo e obter cabelos de melhor qualidade. Você percebe dor de cabelo que acompanha a perda de cabelo? Vá para Hospital Capilar e receba um diagnóstico médico gratuito. 

🌐

SOLICITE SEU DIAGNÓSTICO

Ao enviar o formulário, você aceita o Política de privacidade